• +75 3623-5518
  • atendimento@trabuccoadvogados.com.br
  • Seg - Sex - 08:00 as 12:00 14:00 as 18:00

Dúvidas não restam que a pandemia mundial ocasionada pelo COVID-19, trouxe mudanças diversas na vida das pessoas. O impacto se deu de forma direta e ainda mais sentida nas relações familiares, em que pais e filhos tiveram que reformular relações de afeto, amor e, inclusive, o exercício do direito de visitas, em meio ao caos trazido pela pandemia.

Diante do chamado “novo normal”, o amparo ao melhor interesse da criança nunca se fez tão urgente e necessário. Nos casos em que o judiciário já promoveu a devida regulamentação de visitas, novos contornos devem ser estabelecidos diante da realidade familiar e do risco ao qual a criança e as famílias estejam expostas, promovendo a real e devida proteção à criança e ao adolescente.

Trata-se antes de tudo, de direito fundamental insculpido na Constituição Federal de 1988, que no seu artigo 227 que diz: